Depoimentos

Larry Silverberg

When it comes to having a big heart, you won't find one bigger than in Ana! She loves people and she loves life and I know she will be a true gift to all those who work with her.

Larry Silverberg - trueactinginstitute.com
Luiza Possi

É uma super, super tudo que ela fizer: produtora, diretora, professora, atriz, escritora. Tenho muito orgulho e felicidade em poder te-la ao meu lado e ser sua amiga. É uma honra poder te-la sempre por perto. São 12 anos juntas e espero poder um dia dizer são 120 anos juntas.

Luiza Possi - luizapossi.com.br
Marcio Reiff

Eu sempre me encantei com a magia do estado de presença, talvez porque eu seja um viajandão e que me desconecto sem perceber. O curso de Meisner me levou a perceber melhor quando estou ou não estou presente na vida, e mesmo ao contracenar.

Acho que essa técnica tem um fundo budista. Assim sendo tenho direito de dizer que Ana Paula é pra mim um tipo de guru.

Marcio Reiff - marcioreiff.com
Rafaela Cappai

Com a Ana e o método Meisner recuperei a capacidade de prestar atenção na minha intuição e a sensação de eu sei o que precisa ser feito. Agora sinto que somos eu, o momento presente e o bate bola com meus colegas de cena. Sem racionalizações extremas, vivenciando o que existe de fato ali e acreditando que a emoção já existe. E ela sempre está lá, não precisa ser inventada. A Ana com sua capacidade empática, seu jeito doce e ao mesmo tempo direto, trouxe de volta a confiança no meu trabalho e mudou minha relação com o interpretar. Hoje me sinto mais feliz e verdadeira quando estou em cena.

Rafaela Cappai - espaconave.org
Keka Jasmim

A mudança pode ser aterrorizante, mas todo o crescimento positivo e cura requer mudança. Às vezes, você tem que encontrar o lado bom no adeus. Porque o passado é um lugar de referência, e não um local de residência. Seja forte quando tudo parece estar dando errado, continue a dar pequenos passos, e, eventualmente, você vai encontrar o que você está procurando. Aprenda a confiar na viagem, mesmo quando você não entendê-la.
Às vezes, as escolhas erradas nos trazem para os lugares certos.

Para ser criativo e produtivo na vida, é necessário primeiro perder o seu medo de estar errado. E lembre-se, um medo como esse só pode sobreviver dentro de você, se você deixá-lo viver lá.
Você não é o que aconteceu com você; você é o que você escolhe se tornar. É hora de quebrar as crenças e rotinas que estejam travando seu caminho.

Respeite-se o suficiente para andar longe de qualquer coisa que já não o faz crescer. Ouça a sua intuição, e não o seu ego. Quando você para de perseguir as crenças erradas, você dá chance as ideias certas de alcançarem você.
E Lembre-se, cada dia é um presente - uma chance de fazer as escolhas certas, de arriscar, de amar, de rir - de viver.
Continue sorrindo, se mantenha forte e nunca pare de acreditar em si mesmo e lembre-se : "torna-te quem tú és!”

meisnerniando!! ‪#‎etudobem‬!!!

Alejandro Claveaux

Fiz dois processos de treinamento no método Meisner com Ana Paula Dias e trabalhamos meu personagem na série "O Caçador".
É incrível como ela apresenta e trabalha o método. Com o trabalho aprendi maneiras de viver o presente de ouvir de verdade e reagir ao que acontece no momento e dar vazão os impulsos e ao meu instinto. Ao entrar em cena tenho Tudo Que preciso para esquecer de tudo e existir, pleno.
Tenho na memória lugares incríveis que conseguimos juntos onde a atuação podia ser chamada de vida!

Alejandro Claveaux - www.alejandroclaveaux.com.br
Renata Sauda

Não existe nada mais bonito e verdadeiro do que ver a Ana Paula dando aula desse método incrível que é o Meisner.
Talvez a única coisa que se compare com isso seja a força que o método entra nas nossas vidas e a forma com que mexe com quem somos e queremos ser.

Renata Sauda - vimeo.com/sauda
Victoria Moliterno

Esse foi um mês intenso, de muito aprendizado, não só de técnicas a serem usadas na cena, mas de elementos que vou levar pra vida. Olhar verdadeiramente o outro e se deixar ser olhada, não bloquear as emoções, as palavras e as ações. Receber o coração do parceiro e entregar o meu à ele com a certeza de que será cuidado. Hoje eu me sinto muito mais presente no meu trabalho de atriz, capaz de reagir ao outro ao invés de fabricar as reações. Depois de estudar o método Meisner com você eu sinto muito mais facilidade de me divertir em cena, me entregar às situações e brincar com o imprevisto. Levo comigo o prazer de viver o “agora” e a certeza de que o outro é meu melhor espelho.

Victoria Moliterno
Livia Sales M. Franco

Conhecer o trabalho da Ana foi um presente. Ela é extremamente competente no que faz e apresenta lindamente as técnicas do Meisner. Durante o intensivo de uma semana, passamos por diferentes passos, e as descobertas que fiz em mim e nos outros me surpreenderam. Não há nada mais valoroso do que realmente viver a arte e assim acessar a sua vulnerabilidade. A Ana não mediu esforços para me ajudar nesse processo. Me senti muito amada e importante. Foi fascinante esse começo e eu vou continuar =)

Livia Sales M. Franco - liviasalesblog.wordpress.com/
Anna Rachel Marques Ferreira

Posso chamar de um encontro comigo mesma e com o outro, uma musculação de emoções, um exercício profundo de escuta... enfim, várias coisas. Difícil expressar em palavras, já que todas elas parecem não fazer jus ao que vivi nesses seis dias. A única certeza que tenho é que foi uma experiência incrível que me marcou de forma singular como atriz e principalmente como ser humano. Muito obrigada @anadias1980 por compartilhar seu conhecimento conosco e todos os colegas que dividiram um tanto de si comigo e com os quais dividi um pouco de mim. @betrueart #Meisner #sanfordmeisner #atriz #atuacao #teatro #gratidao

Anna Rachel Marques Ferreira
Renato Pandini

Obrigado por compartilhar o método comigo e por me fazer sentir tudo aquilo que eu vivi com voce Ana Paula, nesses seis dias de curso. Maravilhoso! Só tenho a agradecer, recomendadíssimo.

Renato Pandini
Nátalia Jorge

É acordar, ansiosa para algo novo, que você não faz ideia de como vai ser. É pular no escuro sem medo de se machucar. É olhar pra um conhecido como desconhecido e permitir conhece-lo novamente. É não querer compreender o outro e sim perceber o outro. É como cantar no chuveiro sozinha e todos estarem te olhando. Você não quer que eles olhem. Mas eles estão. E qual é o problema disso? Nenhum. É perceber que ser você te encanta, mas que você insiste em se distanciar. É ver que o pensamento pode te atrapalhar. E você tentar resolver vai te empacar. É respirar, repetir, relaxar e respeitar. Porque um te traz pro presente, o outro te faz não entrar no seu monstro, um faz com que tudo flua melhor e o último é bom tanto pro outro quanto pra você mesma. É se permitir viver, permitir se reencontrar, se permitir a olhar pelos olhos do outro, porque querendo ou não, todos estão no mesmo barco. É compreender que toda ação tem sua reação. Agora eu entendo o real sentido do agora e confesso que não quero sair dele. Por isso eu tenho que me permitir, mas não me cobrar. É perceber o que fiz e não deixar pra lá, apenas aceitar o que estou sentindo no momento e continuar. Não é fácil. Não é fácil. E tá tudo bem. Ta tudo bem. É um fio imaginário que te conduz, ou você o corta brutalmente ou você segue pra ver onde vai dar e as vezes não dará em lugar algum, como também pode dar. É aceitar que você é assim e não ter problema de ser assim. É ver que nem sempre chorar é ruim. E que nem sempre precisamos fazer algo. Só existir.

Nátalia Jorge
Débora Serroni

Foram seis dias que me fizeram resgatar tudo que havia perdido durante a vida. Ao longo da nossa trajetória construímos diversas armaduras para nossos sentimentos, pensamentos e verdades, consequentemente criamos um bloqueio para se relacionar com o outro, e isso nos leva a ouvir e perceber somente a nós mesmos, destruindo completamente a troca genuína de viver com outra pessoa. O método Meisner aplicado pela Ana me fez abrir os olhos para todas essas armadilhas que cultivamos, e que infelizmente levamos para a cena. O simples fato de ouvir e perceber o outro, já nos faz viver verdadeiramente. Durante o aprendizado pude notar o quanto é importante viver o agora e não dar ouvidos ao que nossa ansiedade cria. Recomendo muito o método, não somente para artistas, mas sim para todos os seres humanos. É renovador, libertador e com certeza foi o melhor investimento que já pude fazer para o meu autoconhecimento.

Débora Serroni
Eu quero enviar meu depoimento!
Ele é muito importante pra mim.
Quer trabalhar comigo?
Veja os meus cursos e workshops